Desromantizar o Parto

Precisamos Desromantizar geral mulherada. A propaganda da Doriana, onde todos despertam sorridentes em um dia ensolarado na casa de campo, é ilusão.

Hoje o balde de água fria é sobre o Parto. Sabe aquele vídeo de parto lindo? A mulher plena, equipe sorrindo e uma música linda de fundo? Ele é real, mas foi editado. Os perrengues a globo não mostra.

Além de mulheres parindo lindamente e momentos insanamente emocionantes, parto também tem vômito, cocô, xixi, líquido amniótico, sangue, tensão, dores dilacerantes e mais cocô.

A passagem do bebê pela pelve comprime o reto, e evacuar é quase uma constante. Então sim, você precisa se preparar para defecar na frente de todo mundo, inclusive do(a) companheiro(a).

Ás vezes mulheres fazem força contrária nas contrações para não fazer cocô, por vergonha ou por medo de perder a potência da sexualidade. Isso torna o parto mais dolorido, pois como sempre falamos: quanto mais soltarmos, mais ajudamos as contrações a fazerem seu trabalho.

Tem um casal mega querido que não me deixa mentir que o cocô no parto é real, te tira de qualquer lugar de pudor e te joga em uma posição de cuidado, amor e parceria inédita na vida a dois.

Na chegada da pequena deles, utilizamos óleo de rícino (tem efeito laxante e estimula as contrações uterinas), o que fez com que uma diarreia arrebatadora estivesse entre nós.

Para mim e a parteira, super normal, mas foi lindo de ver como eles lidaram com extrema leveza com a situação. Ele limpando, rindo, brincando, a deixando super tranquila. E ela se permitiu relaxar e rir.

É nessa parceria e cumplicidade que muitas de vocês irão passar pelos cocôs de um trabalho de parto. Penso que na verdade, para o(a) parceiro(a), ter o privilégio de assistir uma mulher parindo em toda sua potência, só aumenta a admiração e o tesão que sente por ela.

Conheça o Universo do Parto Humanizado

Depoimentos

Nathália: Mãe do Gael

Durante a minha gestação procurei criar uma rede de apoio com pessoas engajadas em promover saúde e bem-estar à gestante, que trouxesse informações técnicas e

Depoimentos

Selma: Mãe da Manuela

Minha trajetória com as meninas da TuVens começou bem no início da minha gestação, 12 semanas. Foi minha irmã que contactou a Adriana e ela

Quer saber mais sobre Parto Humanizado?

Entre em contato conosco

Enviar Mensagem
Olá, envie sua mensagem. Responderemos assim que possível. Agradecemos desde já. Obrigada.